Muitas são as tradições que cercam a cerimônia de casamento – o vestido branco da noiva, o buquê, o véu, a entrada da noiva com o pai, entre outros. E para a saída dos noivos da igreja, não poderia ser diferente – a tradição da chuva de arroz.
Chuva de Arroz e Pétalas

Essa tradição nasceu na China, por volta do ano dois mil antes de Cristo, e significa fartura, vida, abundância e fertilidade para o novo casal, já que para os chineses, o arroz é símbolo de fartura.


Muitos noivos deixam saquinhos de organza com arroz nos bancos da igreja, para que os convidados possam saudá-los com a tradicional chuva. Certifique-se que a igreja onde irá se casar permite a chuva de arroz – algumas proíbem a brincadeira para evitar que a entrada da igreja fique suja para a próxima cerimônia.



Uma releitura mais moderna da chuva de arroz são grãos feitos com biscuit, em formato de pequenos coraçõezinhos. Há, ainda, aquelas que preferem a chuva de bolinhas de sabão, que também são sopradas pelos convidados na saída da igreja – mas, cuidado! O sabão pode deixar o piso liso demais – um tombo no final da cerimônia dificilmente será sinônimo de boa sorte para o casal, não é mesmo?


Outras opções à chuva de arroz – convidados com balões coloridos para a saída dos noivos, convidados com balões em formato de coração, chuva de papel picado e chuva de pétalas de rosas.


0 comentários:

Quem escreve...

Quem escreve...
Frann Maia-Arte Educadora

Postagens populares

Seguidores

Google+ Followers

Total de visualizações de página

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog