Mais uma vez a morte nos surpreende, tirando violentamente uma pessoa que amamos!

Há quatro meses atrás eu perdi minha estimada avó, minha Noninha…e parecia que um pedaço de mim havia morrido com ela, mas agora vejo que não, sinto que um pedaço dela ainda vive em mim! E agora, meu Amor está passando pela mesma dor, a terrível dor de perder a avó materna…a Dona Leonor, pessoa vívida e cheia de alegria, que encantava a todos com seu entusiasmo!

É muito triste perdermos uma pessoa para a morte, pois já não há o que fazer e parece que o vazio que fica no lugar nunca vai ser preenchido…e não vai mesmo! Mas a gente precisa ter forças para continuar! Sei que muito dela também ficará em nós e nos lembraremos dela sempre, contaremos suas histórias para nossos filhos e netos e amor que sentiamos nunca morrerá!

Encontrei uma mensagem de Santo Agostinho e achei que é bem confortante! Vale a pena ler!

A Morte não é Nada

"A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.


Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.


Me dêem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.


Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.


Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.


Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.


Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.
A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.


Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?


Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho...


Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi."

" Santo Agostinho "

0 comentários:

Quem escreve...

Quem escreve...
Frann Maia-Arte Educadora

Postagens populares

Seguidores

Google+ Followers

Total de visualizações de página

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog