A arte de colorir os ovos pascais, conhecida como pêssanka (derivado do verbo pessaty, o qual significa escrever), é muito antiga e data do período do paganismo.

Simbolizava o renascimento da Terra na primavera com a promessa de novas esperanças, saúde e prosperidade. Posteriormente, com o advento do Cristianismo, passou a simbolizar a Páscoa e a Ressurreição de Cristo – promessa de um mundo melhor e mais feliz.

Tendo como suporte ovos de galinha, a pêssanka é artisticamente pintada em processo artesanal utilizando cores variadas, com desenhos geométricos, figuras e símbolos religiosos originários da Ucrânia.

Os ovos representam o princípio de todas as coisas, da vida e da criação. Sua forma perfeitamente desenhada, sua superfície lisa e sua cor geralmente branca, fazem do ovo um símbolo da perfeição.

Em algumas regiões da Ucrânia acredita-se que a pêssanka tem força curativa e também protege a casa do camponês contra o fogo, a destruição, os maus espíritos, além de atrair as graças de Deus como expressão comum. A pêssanka é considerada uma espécie de talismã ou amuleto.

É costume na comunidade ucraniana presentear com pêssankas aos amigos, dizendo o tradicional “HRESTÓS VOSKRÉS” (Cristo Ressuscitou), em resposta se diz “VOÍSTENU VOSKRÉS” (Verdadeiramente Ressuscitou).


Simbologia dos desenhos normalmente utilizados

Figuras de animais, carneiro, cavalo, antílope, rena etc. – simbolizam riqueza, prosperidade e boa saúde. Embora não existam girafas pintadas nessa arte, Girafas em Pêssankas também pode significar riqueza, prosperidade e boa saúde, uma vez que mamíferos em geral têm esses significados...

 

Figuras de pássaros, galos ou representação parcial de aves (frequentemente vistos) – simbolizam fertilidade e promessa de relizações. O pé das aves enfatiza a proteção da juventude. O pé de ganso representa o espírito. Por anunciar, com o seu canto, o nascer do sol, o galo representa a vitória da luz sobre as trevas. Como é um animal que se reproduz em grande velocidade, está associado à fertilidade. A crista, seu porte altivo e a disposição para briga fazem do galo um símbolo de masculinidade, que confere luta, ousadia, coragem e orgulho. Entre os gregos, corresponde ao mito de “condutor de almas” e no cristianismo, está intimamente ligado a Jesus, que também foi um “anunciador” da luz para o mundo.
 

Figuras de peixes – símbolo comum de Cristo, também para o Cristianismo e os cristãos. As edificações, cúpulas e torres também simbolizam o Cristianismo.

 

Figuras de flores – símbolo de amor, felicidade, caridade. Flores expressam o princípio feminino, conferem bom gosto, humildade, delicadeza, elegância e beleza feminina, mas também a inconstância e a fragilidade da vida. Folhas e flores também sugerem vida e crescimento. As flores têm o poder de limpar o local, energizar e atrair bons fluídos. Parece que as papolas são as flores favoritas dos ucrânianos...

 

Figuras de árvores, pinheiros, ramos, folhas e galhos de plantas que não morrem na geada

Simbolizam juventude e vida eterna. É um dos símbolos mais ricos em significados esotéricos. Representa a transformação e o triunfo da vida sobre a morte (devido à constante renovação de suas folhas), a ligação entre a vida na Terra e as esferas celestiais (ao mesmo tempo em que suas raízes estão firmemente presas ao chão, seu tronco e sua copa se elevam na direção do céu) e a fertilidade feminina (além de produzir frutos, concede sombra e proteção).

Na Cabala (o conhecimento oculto dos judeus) é citada a “Árvore da Vida” (a qual representa o Paraíso, o mundo ideal e perfeito, onde o que prevalece é a vontade de Deus) e a “Árvore da Ciência do Bem e do Mal”, também chamada de “Árvore da Sabedoria”, representa o livre arbítrio humano e a disposição em transgredir as leis divinas.

Ambos ovos aparecem folhas da árvore “Oak” que significam força; com 3 folhas significa puro amor...

 

Figuras de espigas de trigo, cachos de sementes e cacho de uvas – Simbolizam boa colheita, prosperidade e fartura. Uvas significam bons frutos na vida cristã, também podem expressar grande lealdade no amor. Uvas e trigo representam comunhão. O arroz simboliza a abundância, a riqueza espiritual e a felicidade. Por isso, lançam-se punhados deles no dia do casamento. Desenhos de “rastelo” e “escada”: sorte em casamento.

 

Figuras de triângulos – Símbolo da Santíssima Trindade – Pai, Filho e Espírito Santo; homem-mulher-criança; nascimento-vida-morte e outros significados do número 3. O triângulo com um círculo no centro simboliza o olho de Deus. Simboliza a luz, o fogo, a força, a beleza, a sabedoria divina e a manifestação de Deus na Terra. Significa algo muito firme em sua base. Quando está com o vértice voltado para cima, representa o fogo, a energia masculina e com o vértice para baixo, a feminina.

 

Figuras de girassol e sol – símbolo de longa vida, riqueza, prosperidade e fortuna. Venerado como um deus pela maior parte das antigas civilizações, o Sol é o símbolo da luz, da ressurreição, da vida, do calor, da força vital e da inteligência suprema. Está associado à energia masculina e à nobreza, também ao amor a Deus e a existência eterna Dele.

 

Figuras de cruz – é um dos símbolos mais ricos e antigos da humanidade, principal símbolo do Cristianismo. Simboliza sobretudo a imortalidade, a união de todos os homens, a integração de todos os homens, a integração entre terra, água, ar e fogo, a união entre o céu e a terra.

Para os cristãos, a cruz representa o sofrimento de Cristo, mas também vitória (a vitória triunfou sobre a morte por meio da ressurreição). Existem inúmeros tipos de cruzes, sendo que cada uma delas possui um significado simbólico e particular. Entretanto, sempre representam algum aspecto da fé cristã.

A cruz é a chave da sabedoria futura, os quatro pontos cardinais do céu para servir de duplo eixo ao Universo. A cruz celta (principal representação material do deus Lug) era símbolo de respeito e veneração a todos os deuses heróicos.

 

Figuras de traços contínuos, desenhos decorativos, ondas, espiral etc. – símbolo de eternidade, harmonia e proteção.

 

Figuras de diamantes – diamante é o cristal lapidado e, por esse motivo, simboliza a pureza absoluta, a espiritualidade, a imortalidade, a coragem, a firmeza de caráter e o conhecimento.

 

Figuras estrelares, rosáceas ou estrela de 8 pontas – símbolo de Cristo, também pode representar flores. Na Antiguidade, acreditava-se que as estrelas eram as almas dos mortos reluzindo nas trevas. Seu conteúdo simbólico mais significativo é o da luz espiritual que atravessa a escuridão, a esperança e a elevação do espírito.

 







0 comentários:

Quem escreve...

Quem escreve...
Frann Maia-Arte Educadora

Postagens populares

Seguidores

Google+ Followers

Total de visualizações de página

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog